Bruno Mendes, atacante do Bugre. Foto: Reprodução - EPTV.
Bruno Mendes, atacante do Bugre. Foto: Reprodução - EPTV.

O atacante Bruno Mendes só teve seu novo contrato assinado e se apresentou praticamente no final da pré temporada do Bugre para a Série A2 do Campeonato Paulista. Até por isso o jogador inciou a competição abaixo do seu condicionamento ideal.

Na partida da última sexta feira porem, Bruno Mendes foi um dos principais atletas em campo, marcou gol de pênalti, teve boas oportunidade, deu a assistência para o gol de Erik e ao menos mais duas que poderiam ter resultado em gols do Guarani durante a partida.

E o próprio Bruno falou sobre isso em entrevista concedida nesta terça feira ao repórter Marcos Luiz da Radio Bandeirantes Campinas:

“Pessoalmente achei que foi minha a melhor atuação dos três jogos, cheguei um pouco atrasado, cheguei no dia 07 de janeiro quando todos já tinham começado a pré temporada em dezembro, corri contra o tempo. Fiquei duas semanas fazendo só a parte física, não fiz nenhum amistoso, meu primeiro jogo foi contra o Nacional”, disse o atacante, reconhecendo o pouco tempo de preparação.

“Este jogo contra o Água Santa foi meu terceiro jogo, jogo após jogo estou entrando no ritmo de todo mundo pra poder ajudar o Guarani”.

O atacante foi questionado sobre a ausência de um centroavante de referência e se poderia fazer esta função, e respondeu que sim: “Com certeza, não só eu, mas outros companheiros de equipe (também podem). Eu vou em busca do meu espaço, vou trabalhar firme e forte pra poder continuar na titularidade”.

Com passagem pelo futebol português onde chegou a jogar até como meia, ele comentou sobre o quanto isso o ajudou a melhorar: “É muito bom, só colhi com isso, é uma experiência única na minha vida, espero poder voltar pra Europa um dia, mas isso vai me ajudar muito, lá joguem de meia, de extremo pelos lados e isso me ajuda bastante na marcação e dentro da grande área, isso me ajudou bastante na volta ao Brasil”.

Bruno Mendes acredita na evolução da equipe com o andamento da Série A2: “Com certeza, esse é nosso quarto jogo e estamos criando nossa identidade. Infelizmente contra o São Bernardo não ocorreu como a gente esperava, mas já contra o Água Santa em casa a gente se impôs e está mostrando a cara do Guarani. A gente quer o acesso, queremos subir e fazer de tudo pra sermos campeões, mas vamos jogo a jogo, cada jogo é uma final, vamos em busca disso porque temos totais condições “.

Dos próximos quatro jogos, três serão disputados no Brinco de Ouro, pra ele um fator extremamente positivo, mas que não desobriga o time de vencer jogando como visitante: “Com certeza (fator positivo), mas não só em casa, temos que nos acostumar a ganhar fora de casa também, temos que ganhar pontos fora pra não deixarmos pras última partidas, quanto antes fizermos os pontos, melhor. Em casa estamos dando o máximo, ainda estamos com 100%”.

 

Marcos Ortiz