Siga-nos

Jogos e Resultados

Com gol de Bruno Nazário Bugre vence o Criciúma no Brinco de Ouro

Publicado

em

Foto: Letícia Martis - GuaraniPress.

Era a hora de se recuperar, vencer era fundamental, vencer jogando bem seria melhor ainda e Umberto Louzer mexeu no time titular trocando três jogadores que iniciaram a derrota na última partida.

O time foi a campo com Bruno Brígido; Lenon, Edson Silva, Philipe Maia e Marcílio; Baraka, Ricardinho, Rondinelly e Bruno Nazário; Rafael Longuine e Anselmo Ramon. Saíram do time Everton Alemão para o retorno de Philipe Maia e a dupla de ataque Erik e Bruno Mendes.

Com o Brinco de Ouro recebendo um público pequeno o Bugre precisava só vencer o jogo para buscar pontos importantes na sequência da Série B e recuperar também a confiança do Torcedor.

Dentro de campo

E o primeiro tempo foi bom, o Guarani não teve receio, tomou a iniciativa do jogo e poderia ter aberto uma grande vantagem, não fossem as grandes oportunidades perdidas.

Logo aos 06 minutos veio a primeira chance clara de gol nos pés de Rondinelly, ele recuperou a bola num passe errado do meio de campo do Criciúma, arrancou bem pela esquerda, invadiu a grande área e quando estava sozinho, cara a cara com o goleiro Luiz tentou dar uma cavadinha e acabou jogando a bola no peito do goleiro, perdendo um gol feito.

Aos 09 minutos outra vez quase gol do Guarani. Anselmo Ramon troucou passes com Marcílio dentro da grande área, recebeu a bola quase na linha lateral da pequena área e bateu para o gol, mas a bola desviou na zaga, perdeu força e ficou nas mãos de Luiz.

O Bugre tinha todas as ações da partida, o Criciúma se preocupava apenas em marcar e aos 19 minutos faltou um pouco mais de capricho para abrir o placar. Rafael Longuine recebeu a bola na grande área cara a cara com o goleiro Luiz e poderia marcar, mas viu Anselmo Ramon ao seu lado e fez o passe para o atacante que não conseguiu finalizar como era preciso, chutou em cima da marcação e a bola saiu pela linha de fundo. Outro gol feito desperdiçado.

Era jogo de um time só, não era uma atuação preciosa, mas era uma atuação muito superior do Guarani que buscava o ataque durante todo o tempo de jogo. Aos 34 minutos Anselmo Ramon recebeu a bola na esquerda, dominou, passou pela marcação e do bico da grande área bateu cruzado tentando buscar o canto esquerdo de Luiz e a bola saiu pela linha de fundo.

Após lançamento perfeito de Longuine, Nazário gira e bate forte para marcar – Guarani 1×0 Criciúma – Imagem: Reprodução – SporTV.

Já impaciente, a Torcida via o time perder chances seguidas, mas aos 41 minutos o tão desejado gol saiu. Rafael Longuine recebeu a bola na entrada da grande área e fez um belo passe para Bruno Nazário no meio da zaga adversária e ele conseguiu girar o corpo e bater firme no canto esquerdo de Luiz que não teve nenhuma chance de defesa. Gol do Bugre, gol de Bruno Nazário, ufa, Guarani 1×0 Criciúma.

Pouco depois outra grande oportunidade, dessa vez com Rafael Longuine que recebeu a bola na grande área, outra vez pela esquerda e bateu pro gol, desta vez o goleiro Luiz, bem posicionado, fez boa defesa, evitando o segundo do Bugre.

E o Bugre foi pros vestiários com a vitória parcial e voltou para a segunda etapa sem nenhuma alteração, a expectativa era ampliar a vantagem e aumentar o saldo de gols e isso teria acontecido não fosse um erro da arbitragem logo aos 02 minutos de jogo.

Outro lançamento perfeito de Longuine e Bruno Nazário marca, árbitro erra e marca impedimento, prejudicando o Bugre. Imagem: Reprodução – SporTV.

Lançamento perfeito de Rafael Longuine para Bruno Nazário que estava livre na grande área, ele dominou a bola no peito e com categoria bateu pro gol metendo a bola no fundo das redes, mas o assistente paralisava a jogada marcando impedimento do meia Bugrino que não aconteceu, dois jogadores do Criciúma davam condição de jogo a Nazário, Bugre prejudicado pela arbitragem no Brinco.

Perdendo o jogo o Criciúma tentava sair para buscar o empate e o Guarani passava a jogar pelo contra ataque tentando definir o placar. Aos 11 minutos o Criciúma acertou pela primeira vez o gol na partida quando Elvis recebeu a bola fora da área na  meia pelo lado esquerdo e bateu rasteiro buscando o canto baixo direito de Bruno Brígido que estava esperto e caiu no tempo certo fazendo a defesa.

Na sequência da jogada o Guarani teve talvez a maior chance de ampliar o placar nos pés de Rondinelly, ele recebeu a bola pela meia direita, avançou e na saída do goleiro tentou  outra vez dar uma cavadinha, se na primeira vez a bola parou no peito de Luiz, dessa vez o lance foi bizarro e a bola, sem nenhuma força, saiu completamente torta, sem direção nenhuma, rumo à lateral direita. Brincou de perder gol.

Em seguida Umberto fez suas duas primeiras alterações, saíram Rafael Longuine para a entrada de Erik e Rondinelly para a entrada de Denner e, ao contrário do que se esperava, o time desandou em campo.

Aos 16 minutos numa falha da defesa do Bugre Nicolas bateu forte, de dentro da área pelo lado esquerdo e jogou com perigo, por cima do gol. A partir dai o jogo ficou equilibrado, com o Criciúma tentando jogar eo Guarani errando muito na defesa e nos passes no meio de campo.

Aos 28 minutos Elvis cobrou escanteio na cabeça de Nícolas e Bruno Brígido, mesmo desequilibrado conseguiu defender evitando o gol de empate, a bola ainda sobrou para Nícolas que ameaçou bater, mas a defesa Bugrina conseguiu se recuperar na jogada e afastou o perigo.

Só aos 31 minutos o Bugre voltou a criar e por pouco não marcou outra vez com Anselmo Ramon, Erik fez a jogada pela esquerda e cruzou para o atacante que se antecipou bem á marcação no primeiro pau e desviou a bola,mas a noite não era dele e a bola saiu à esquerda, raspando o poste de Luiz.

Aos 32 minutos Luozer mexeu pela última vez. Saiu Bruno Nazário para a entrada de Guilherme. O jogo era diferente, o Criciúma chegava com muita facilidade ao ataque e tentava principalmente com cruzamentos empatar o jogo.

Já sem poder ofensivo e dando mostras de cansaço O Bugre não conseguia chegar ao ataque. Aos 42 minutos a Torcida gelou quando Bruno Brígido saiu mal do gol e dividiu uma bola com Andrew, a bola sobrou limpa nos pés do atacante com o gol aberto, mas para alívio o árbitro marcou falta no goleiro Bugrino, mas este não seria o último susto.

Aos 48 minutos o Criciúma teve outra chance, Elvis cobrou falta lateral levantando a bola na grande área, Nícolas desviou de cabeça no primeiro pau e Bruno Brígido conseguiu fazer uma defesa no reflexo, mas deu rebote e a bola sobrou  para Sandro que apertado pela marcação chutou pela linha de fundo.

Depois de 06 minutos de acréscimos, aos 51 minutos o árbitro encerrou a partida. Guarani 1×0 Criciúma, acabou o jogo e a Torcida presente ao Brinco vaiou o time na saída do gramado apesar da vitória.

Uma vitória importante jogando em casa, com esses 03 pontos o Bugre consegue a recuperação na competição e se afasta um pouco mais do Z4 e subiu na classificação chegando ao oitavo lugar, mais ainda espera o complemento da rodada no final de semana para saber sua real posição na tabela.

Agora a equipe terá 10 dias para se reorganizar. O Guarani só volta a campo no próximo dia 18 quando vai a Goiânia enfrentar o Goiás pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

 

Marcos Ortiz

Advertisement

Melhores Momentos – Goiás 1×1 Guarani


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima partida

Campeonato Brasileiro - Série B

Juventude-RS X Guarani FC

Campeonato Brasileiro - Série B

Local: Alfredo Jaconi
Data: 01/06/2018
Horário: 19:15

 

+ Recentes

Jogos e Resultados

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.