Na manhã desta quarta feira o Bugre disputou o primeiro jogo treino de 2018, o adversário foi o Bragantino, equipe que disputará a Série A1 e o placar terminou 2×1 para o adversário.

Algumas observações são possíveis, o Bugre joga muito no toque de bola, a equipe assimilou muito das características do ex treinador, principalmente na saída de bola do campo defensivo, e com isso erra muitos passes.

O sistema defensivo mesmo não tendo tido uma má atuação quando os titulares estiveram em campo, falhou no primeiro gol do Bragantino em cobrança de escanteio, permitindo a cabeçada na pequena área, no primeiro pau.

O meio de campo marca bem, mas tem poucos recursos quando o assunto é saída para o ataque, tanto é que, enquanto esteve em campo, nas poucas vezes que tocou na bola, Fumagalli, que atuou mais adiantado no ataque Bugrino, teve que vir buscar no meio de campo, pois o time não conseguiu criar jogadas ofensivas.

A equipe que iniciou o treinamento, portanto podendo ser considerada titular, teve: Bruno; Lenon, Willian Rocha, Lucas Kal e Salomão; Baraka, Denner e Ricardinho; Rondinelly e Gabriel Leite; Fumagalli. Algum destaque para Ricardinho como elemento surpresa, sempre pelas beiradas no lado direito do campo e o bom posicionamento do trio de volantes.

No segundo tempo Umberto trocou praticamente a equipe toda, permaneceram em campo apenas o goleiro Bruno e o zagueiro Willian Rocha, que mais tarde seria substituído por Philipe Maia. A equipe da segunda etapa teve Bruno; Kevin, Willian Rocha, Philipe Maia e Marcílio; Pablo, Bruno Souza, João Paulo e Bruno Nazário; Erik e Pedro Bortoluzo.

O Bugre chegou ao empate logo nos segundos iniciais num belo gol de Erik acetando um chutaço de fora da área, mas na segunda metade do segundo tempo o Bragantino se aproveitou de uma falha de marcação Bugrina pelo lado direito, enfiou uma bola nas costas da defesa Bugrina e marcou o segundo gol.

Na segunda etapa com um pouco de boa vontade, pequenos destaques para Bruno Nazário e Erik, não apenas pelo gol, mas por ter criado algumas boas jogadas e desperdiçado uma chance clara numa jogada individual no finalzinho da partida que poderia ter sido o empate Bugrino.

Assim como Fumagalli, Pedro Bortoluzo, o jogador de presença de área na segunda etapa praticamente não tocou na bola.

Foi apenas uma primeira apresentação, o time precisa evoluir, mas tem pouco tempo. A estreia será na próxima quarta feira em Barueri contra o Oeste.

No vídeo as imagens são de Marcos Ortiz.