Siga-nos

Marcos Ortiz

Nota do Planeta Guarani – Honrem essa camisa como eles honraram!

Publicado

em

Bozó, Renato e a Taça de Bolinhas - Três símbolos do ÚNICO CAMPEÃO BRASILEIRO DO INTERIOR - Respeitem essa camisa como eles respeitam e respeitaram! Foto: Marcos Ortiz - Planeta Gaarani.

Só salvaram Renato, Bozó e a Taça de Bolinhas que no interior deste país só um time tem!

Em respeito aos nossos internautas e Torcedores do Guarani Futebol Clube, neste sábado, pela primeira vez na sua história o Planeta Guarani não trará nenhuma entrevista e nenhuma matéria sobre a partida Guarani 2×3 Fortaleza.

Não apresentaremos os gols, melhores momentos ou as entrevistas dos jogadores após a partida nem a entrevista coletiva do técnico Umberto Louzer porque acreditamos que seja simplesmente mais do mesmo, e não será com conversa ou falácia que os problemas defensivos desse time serão resolvidos, será com atitude! Atitude de mudar, atitude de cobrar, atitude de se envergonhar, não de tentar justificar aquilo que já estamos cansados de ver dentro de campo e depois ouvir nos microfones.

Até aqui o Planeta Guarani tratou apenas de informar, trazer escalações, opinar genericamente sobre os problemas do clube, do time, comemorar vitórias e noticiar resultados ruins, mas acredito que tudo tenha seu momento decisivo e cada um é senhor das suas ações, portanto, a partir de agora, se não houver mudança nas ações, se não houver mudança no comportamento da equipe e principalmente, se não conseguirmos, depois de contratarmos três goleiros e dois zagueiros, resolvermos os problemas defensivos desse time, só podemos dizer que quem faz o futebol do Guarani não enxerga o mesmo jogo que o Torcedor enxerga.

Conseguimos montar um bom time do meio pra frente, parabéns! Palmas, mas montamos uma piada do meio de campo pra trás, são erros inaceitáveis que nos custaram resultados e pontos preciosos no principal sonho dessa Torcida que é ver seu time de volta à primeira divisão de todos os campeonatos que disputa. Dá tempo de mudar, são 18 jogos pela frente e uma leva de times tão ruins quanto o nosso nas suas defesas, como alias era o Fortaleza, adversário desta tarde no Brinco.

Lembramos que o Guarani planeja uma “gestão compartilhada” do seu departamento de futebol, mas que os interessados são exatamente os mesmos grupos e empresários responsáveis pela montagem desse time atual. Assim, se são os mesmos, que garantam que seus atletas representem essa camisa com a dignidade que ela merece.

Lembramos que chegamos a um momento decisivo da competição e, conforme bem lembrado por um amigo logo após a partida, o Guarani vinha bem na Série B de 2017, chegou a liderar o campeonato comandado por Vadão, com um elenco infinitamente mais fraco que o atual, ou ao menos com investimentos muito menores que os atuais. Lembramos que aquele time de 2017 recebeu o Londrina no Brinco de Ouro em um ponto muito próximo do atual, na 17ª rodada da competição, vencia o jogo por 2×0 e tomou a virada, perdeu por 3×2 em casa e, a partir dali tudo desandou.

Vadão foi demitido pouco depois, vieram outros dois treinadores, Marcelo Cabo e Lisca, e só conseguimos escapar do rebaixamento na penúltima rodada com um empate por 0x0 com o Luverdense, que depois terminaria a competição com a mesma pontuação do Guarani e seria rebaixado no número de vitórias.

Serviu de algo? Se serviu, que seja de lição! Que o Guarani a parti de agora, e principalmente, que os jogadores do Guarani, a comissão técnica e todo o departamento de futebol. Que a diretoria e todos os envolvidos na montagem deste time, que todos passem a cobrar resultados convincentes, respeito a essa camisa e uma atitude digna durante TODOS OS 90 MINUTOS DE JOGO! Futebol é detalhe, nós já erramos em todos os detalhes que poderíamos errar.

É inadmissível estar ganhando um jogo por 2×0, tomar um gol do meio da rua, num chute que sequer teve força, e depois vermos troca de passe dentro da grande área aos 40 minutos do segundo tempo com atacante conseguindo antecipar zagueiro e marcar o gol de empate, e depois disso vermos outra vez uma bola cruzada na grande área aos 48 minutos resultar no gol da derrota.

A Torcida do Guarani pede, exige e merece respeito! Essa mesma Torcida já apoiou jogadores ruins com salários atrasados e que depois de sete meses sem receber conseguiram livrar o Bugre de um rebaixamento nessa mesma Série B em 2011 quando o saudoso técnico Giba e sua comissão técnica foram elevado ao patamar da mais alta honra junto a todos os Bugrinos. Essa mesma Torcida já empurrou o time em vitórias que ninguém esperava, já aplaudiu o time em derrotas injustas diante de um bom futebol apresentado, mas esta mesma Torcida está cansada de torcer, acreditar, e sofrer quase sempre do mesmo jeito, com bolas cruzadas na grande área do Guarani que se transformaram numa tormenta para o mais frio e calculista Torcedor Bugrino.

Essa Torcida só quer brios, vergonha na cara e talvez, mas apenas talvez, se antes de ouvir explicações para as lambanças que tem acontecido em entrevistas, ouvisse um pedido de desculpas e um compromisso de respeito a essa instituição por parte de quem decide o jogo lá dentro das quatro linhas, entenda e ajude.

Essa mesma Torcida esteve no estádio em jogos decisivos da Série A2, há nem tanto tempo assim, e acreditou no acesso, acreditou nas vitórias, acreditou no título e o resultado foi positivo. Tínhamos um time comprometido, limitado, mas extremamente comprometido no primeiro semestre, temos um time  teoricamente muito menos limitado, mas na prática muito menos comprometido neste segundo.

Tenham vergonha, tomem vergonha e parem de permitir que vergonhas com a desta tarde aconteçam com a MAIOR TORCIDA DO INTERIOR DO BRASIL!

Quem veste essa camisa tem que honrá-la até o último suspiro, a última gota de suor ou de sangue escorrendo pelo corpo, não pode aceitar que no final do jogo nossos resultados sejam enfiados no… por erros e mais erros.

Senhores jogadores, cobrem-se! Comissão Técnica, mude e corrija os erros, empresários, façam seus jogadores entenderem o peso e a tradição deste clube e senhores dirigentes, cobrem dos seus contratados e parceiros um comportamento à altura do ÚNICO CAMPEÃO BRASILEIRO DO INTERIOR.

Que tenha sido a última, pois tempo já tivemos, não vimos foi atitude!

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Melhores Momentos – Coritiba 0x2 Guarani


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima partida

Campeonato Brasileiro - Série B

Brasil de Pelotas-RS X Guarani FC

Campeonato Brasileiro - Série B

Local: Bento Freitas
Data: 17/11/2018
Horário: 17:00

 

+ Recentes

Jogos e Resultados

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.