Siga-nos

Jogos e Resultados

O pulso ainda pulsa… Guarani faz boa partida e vence o Coritiba por 2×0, Poveda e Jefferson Nem marcaram

Publicado

em

Faltando cinco jogos para o encerramento da Série B, o Bugre foi a Curitiba enfrentar o Coritiba numa partida que determinaria qual das duas equipes seguiria com alguma chance, ainda que apenas matemática, de brigar pela quarta vaga no G4 da Série B nos quatro jogos finais.

Quem vencesse o jogo chegaria aos 49 pontos e diminuiria a diferença para o quarto colocado para cinco pontos, quem perdesse estaria, não matemática, mas virtualmente, sem nenhuma chance de brigar, e um empate eliminaria as chances da duas equipes.

Neste panorama o Bugre que teve uma cheia de preparação, entrou em campo com mudanças já esperadas e, finalmente Umberto Louzer entendeu que o time rende muito mais com três volantes, esquema que levou o Bugre às melhores atuações durante a competição. O time começou com: Agenor; Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Romário; Willian Oliveira, Ricardinho e Denner; Matheus Anjos e Jefferson Nem; Gabriel Poveda.

Depois de cinco jogos seguidos sem vencer, com dois empates e três derrotas que praticamente sepultaram as chances de acesso que eram reais, restava ao time apenas lutar por uma vitória se quisesse ainda manter a ilusão viva na cabeça dos poucos Torcedores que ainda acreditam. E por mais que pudesse surpreender, há 500 quilômetros de distância, o que se ouvia quando os times entraram em campo era um Bugre Olê, Olê, Olê muito alto, seguido do hino do Guarani Futebol Clube, realmente, essa torcida merecia muito mais! Parabéns e obrigado a vocês!!!

Bugrinos cantam alto no Couto Pereira – Imagem: Reprodução – SporTV.

Dentro de campo

Com chuva e gramado molhado o Bugre começou melhor em campo, dominando a partida e ocupando praticamente por todo o tempo o campo de ataque, a primeira boa oportunidade veio na bola parada. Aos 07 minutos Fabrício cobrou falta da direita, de muito longe e bateu cruzado, buscando o canto direito de Rafael Martins que se virou para espalmar a bola pra escanteio.

Se por um lado o time parecia vivo lá na frente, a defesa não passava segurança e aos 10 minutos n uma cobrança de falta, foi a vez do Coritiba ameaçar, a bola foi cruzada da intermediária para a grande área, a defesa do Bugre, como sempre, não subiu e viu Guilherme chegar no segundo pau e desviar a bola pro gol, pra sorte do Bugre o chute saiu mascado e Agenor conseguiu se esticar para fazer a defesa e evitar o primeiro gol da partida.

Matheus Anjos bate e o goleiro consegue grande defesa – Imagem: Reprodução – SporTV.

Aos 14 minutos foi a vez do Bugre contra atacar, em velocidade a bola chegou até Denner pela direita e da entrada da grande área ele bateu cruzado pro gol, o chute saiu perigoso, mas à direita do goleiro Rafael Martins, assustando.Aos 20 minutos as principais chances de gol surgiram e o Bugre acabou prejudicado pela arbitragem quando Denner apareceu como elemento surpresa dentro da grande área e foi derrubado, seria pênalti, mas o árbitro naão marcou e ainda assim a bola sobrou para Matheus Oliveira, livre de marcação, cara a  cara com o goleiro Rafael Martins ele bateu, a bola desviou no goleiro e acabou saindo pra escanteio. Após a cobrança do escanteio Ricardinho pegou o rebote e arriscou de fora da área, o chute saiu bem colocado, mas à direita do gol, raspando a trave. Faltou poco pro Guarani abrir o placar e o juizão já avisou a que veio…

Cabeçada de Fabrício sai lambendo a trave, por pouco não sai o primeiro do Bugre. Imagem: Reprodução – SporTV.

Melhor em campo, aos 25 minutos outra blitz Bugrina que por pouco não terminou em gol, primeiro no lançamento para Poveda dentro da grande área, ele poderia dominar e sair na cara do goleiro, mas perdeu para a marcação que cortou, o Coritiba errou na saída de bola, Jefferson Nem recuperou e rolou para Willian Oliveira bater de fora da área com muito perigo, mas o goleiro Rafael Martins conseguiu desviar de ponta de dedos por cima do travessão tirando o gol certo do Bugre. Não parou ai, depois de dois escanteios seguidos, no segundo a bola chegou perfeita na cabeça de Fabrício que ganhou por cima da marcação e cabeceou bem, buscando o ângulo direito de Rafael Martins que nem tentou chegar, mas a bola caprichosamente saiu raspando a trave.

Gabriel Poveda começa e termina a jogada num belíssimo gol! Imagem: Reprodução – SporTV.

Depois de perder tantas chances claras, finalmente o gol saiu e foi um belo gol, numa jogada que há muito não víamos um atacante fazer. Aos 30 minutos Gabriel Poveda começou a jogada no meio de campo, abriu na direita e partiu para a grande área, o cruzamento chegou perfeito e ele entrou no meio da defesa, sem marcação, de frente pro gol e bateu chapado, de primeira, jogando a bola no fundo do gol. Bela jogada, belo gol do jovem que teve sua primeira chance como titular na Série B e não decepcionou, na chance que teve fez o que se espera de um centroavante e marcou seu primeiro gol como profissional vestindo a camisa Bugrina, Bugre na frente, Coritiba 0x1 Guarani, no Couto Pereira.

Imagem: Reprodução – SporTV.

Quase no final, aos 41 minutos outra vez Gabriel Poveda por pouco não fez o segundo, desta vez após troca de passes ele recebeu a bola pela direita já dentro da grande área e bateu cruzado, outra vez o goleiro Rafael Martins conseguiu grande defesa evitando mais um do Bugre. Antes do fim do primeiro tempo um susto, depois de cobrança de escanteio pela direita, aos 44 minutos, Allan Costa dividiu a bola por cima com Agenor e desviou de cabeça, a bola subiu e caiu rapidamente, surpreendendo, mas pra sorte do Bugre, com o gol aberto, ela acertou o travessão e saiu pela linha de fundo.

Depois de um primeiro tempo muito bom, onde teve a chance de definir o placar, o Guarani voltou com a mesma equipe para a segunda etapa na expectativa de aproveitar melhor as oportunidades e chegar a uma vitória tranquila fora de casa, mas precisando estar atento porque o adversário viria pro tudo ou nada, jogando suas últimas fichas na competição, e não foi diferente, com a marcação adianta e contando com erros de passes Bugrinos nos contra ataques, o Coritiba teve a primeira grande oportunidade aos 06 minutos de jogo.

Guilherme recebeu passe em profundidade, Agenor saiu no desespero da grande área e foi driblado pelo atacante paranaense,mas a defesa se recuperou bem na jogada e chegou para abafar, ele ainda conseguiu bater cruzado, com perigo, mas a bola desviou em Fabrício e saiu pela linha de fundo. Um susto logo no comecinho e por pouco o Coritiba não chegou ao empate.

O jogo do Bugre era o contra ataque e aos 11 minutos o time teve a primeira chance quando Gabriel Poveda acreditou na jogada pela direita, arrancou e cruzou para Matheus Anjos que chegou livre de marcação na entrada da grande rea,mas o meia Bugrino chegou desequilibrado e bateu torto, jogando a bola à esquerda, perdendo uma grande chance.

Jefferson Nem arranca em jogada individual e bate forte na saída do goleiro pra marcar o segundo do Bugre! Imagem: Reprodução – SporTV.

E aos 18 minutos o segundo gol saiu e foi um golaço! Matheus Anjos fez bom passe para Jefferson Nem na meia pelo lado esquerdo, ele recebeu a bola e girou sobre a marcação saindo em diagonal, entrou na grande área numa bela jogada individual e bateu forte na saída do goleiro, sem nenhuma chance para Rafael Martins. Um golaço no Couto Pereira, gol de Jefferson Nem, primeiro dele com a camisa Bugrina, Coritiba 0x2 Guarani, gol que poderia trazer finalmente tranquilidade em campo e, por que não, permitir que o time conquistasse um placar ainda maior.

Imagem: Reprodução – SporTV.

Aos 24 minutos outra boa oportunidade, Denner melhor jogador em campo até então, cobrou uma falta da meia pela esquerda e a bola saiu por cima do gol, com perigo. Aos 27 outra vez Denner, agora ele recebeu passe de Jefferson Nem pela direita e, na entrada da grande área chegou batendo,mas acabou pegando mal na bola que saiu à direita, ainda assim levando perigo.

Aos 33 minutos Umberto fez sua primeira alteração, saiu Denner, cansado, para a entrada de Fabrício Bigode, pouco depois ele fez a segunda sacando Gabriel Poveda para a entrada de Caíque e dois minutos depois, aos 38 minutos Matheus Anjos sentiu o tornozelo depois que o jogador do Coritiba caiu sobre sua perna e foi substituído por Rafael Longuine. Com as mudanças o ritmo do time diminuiu, mas o placar já estava definido.

Ainda deu tempo de Guilherme, aos 43 minutos, cometer falta em Jefferson Nem no meio de campo e ser expulso pelo árbitro

Final de jogo em Curitiba, Coritiba 0x2 Guarani e o Bugre voltou a vencer depois de cinco rodadas na Série B. Venceu fora de casa numa atuação convincente que poderia até ter tido um placar mais elástico. Com essa vitória o Bugre não ganhou posições, manteve-se em nono,  mas chegou aos 49 pontos e diminuiu a diferença para o quarto colocado para cinco pontos.

A missão é praticamente impossível, tirar 05 pontos em 12 que restam a disputar,mas tudo dependerá muito da próxima partida quando na terça feira, às 21:31, o Guarani volta a campo outra vez fora de casa, em Florianópolis, contra o Figueirense. Outra vez é tentar vencer e ver o que acontece na rodada para tentar alcançar uma vaga entre os quatro primeiros colocados.

Ah se tivesse conseguido uma mísera vitória a mais contra qualquer das equipes que o Bugre se permitiu perder e abriu mão de pontos importantíssimos. Mas futebol é imprevisível e dentro do campo das imprevisibilidades, quem sabe quando ninguém mais acredita, o time consegue um grande feito.

Vamos aguardar. O time não vola a Campinas, vai direto pra Florianópolis onde treina na segunda e na terça feira entra em campo pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Melhores Momentos – Coritiba 0x2 Guarani


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima partida

Campeonato Brasileiro - Série B

Brasil de Pelotas-RS X Guarani FC

Campeonato Brasileiro - Série B

Local: Bento Freitas
Data: 17/11/2018
Horário: 17:00

 

+ Recentes

Jogos e Resultados

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.