Sillas Leopoldo - 38 anos, Bugrino e colunista do Planeta Guarani!
Sillas Leopoldo - 38 anos, Bugrino e colunista do Planeta Guarani!

Salve galera Bugrina!

Vocês já devem ter ouvido aquela frase. “Cliente bom é o que reclama ou que questiona, pois se ele for ouvido, volta. Aquele que não reclama na próxima vez compra no concorrente”.

Em meus tempos de gestor no mercado financeiro ouvi muitas vezes essa frase e em muitas ocasiões pensei ou falei: “Mas o que aconteceu não foi culpa minha”, “esse produto não é adequado”, “a outra área não entendeu a minha necessidade”, e tantas outras frases que de fato eram verdades, mas não cabiam, essas frases não construíam o nosso projeto, não ajudavam na busca pelos nossos objetivos, não realizariam o nosso propósito.

E quais são nossos projetos? Qual é nosso propósito? Como torcedores, qual é o nosso papel?

No início dos anos 2000 (2002 pra ser mais preciso) eu com meus 23 anos estava engatinhando nesse negócio difícil chamado gestão e tive a sorte e o prazer de ter um grande líder de quem, entre várias lições, pincei uma que se encaixa no momento que estamos vivendo (usarei outras nas próximas colunas).

Ele sempre nos dizia “O problema não está nas áreas e sim entre as áreas, traga suas solicitações, reclamações ou questionamento a mim, se eu não conseguir a solução te darei uma resposta”.

Mas o que isso tem a ver com o nosso papel de torcedor? O que tem a ver com o Guarani?

Como previa nosso hino, nós estamos finalizando 2017 com vitórias e derrotas e com uma importante novidade podendo surgir no horizonte: Cogestão do departamento de futebol. O que isso significa? Como funciona? O que ganhamos com isso?

Todas essas dúvidas, perguntas, críticas e elogios estão espalhadas nas redes sociais, nas conversas de bar ou no café do escritório da Torcida Bugrina, mas que tal se levássemos essas mesmas questões a quem possa responde-las?

Será que começaremos a resolver nossos problemas entre as áreas (Torcida e diretoria)? Será que com perguntas e respostas teremos a união necessária para recuperarmos nossa grandeza? Será que com transparência conseguiremos confiar, apoiar, acreditar?

Qual seria a resposta para uma grande empresa? Sim ou não? Fica aqui a minha proposta, esse é o meu propósito.

Levanta Torcida Bugrina!

“Na vitória ou na derrota hoje e sempre Guarani”

 

Sillas Leopoldo
Colunista – Planeta Guarani

Este texto reflete exclusivamente a opinião do seu autor