Siga-nos

Marcos Ortiz

Opinião: Diretoria, comissão, jogadores e Torcida, respondam “Eu Digo Sim” ou “Eu Digo Não”

Publicado

em

A partir de agora, dependendo dos resultados que o Guarani consiga, todas as semanas serão as mais importantes, assim, depois de ganhar folga no final de semana, o elenco se reapresenta na parte da tarde e inicia a preparação para a partida contra o CSA-AL, a primeira de 11 “finais de vaga no G4” que o time terá até o final da competição.

Então, antes de começar o material desta semana tão decisiva, quero bater um papo com vocês pra gente tentar chegar num acordo, ok?

Umberto Louzer terá uma semana inteira para minimizar os erros, corrigir posicionamentos e escolher os melhores 11 jogadores entre todos os que tem à sua disposição para esta partida que marca o confronto de duas equipes muito próximas na pontuação, mas distantes no posicionamento. Com 41 pontos o Bugre ocupa a sétima colocação, já o CSA tem 46 e está na vice liderança da Série B, qual deve ser o objetivo? Simples, vencer e colocar mais um adversário na alça de mora disputando o G4?

Pra que isso aconteça o Bugre terá que fazer um jogo de erro zero no Brinco de Ouro da Princesa. Zero de erro na defesa, zero de erro no meio de campo e zero de erro no ataque, nas poucas oportunidades que surgirem, o time terá que marcar, e lá atrás, nas vezes em que for ameaçado, terá que corresponder, só assim conseguirá definir dois objetivos numa única partida, o primeiro e destacado no momento errado de atingir 45 pontos e garantir-se na Série B de 2019, pois vencendo o Bugre chegará aos 44 e terá outros 10 jogos pela frente.

Mas vencendo, o Guarani atingirá também outro objetivo, o maior de todos: Manter-se vivo na briga pelo acesso e com chances reais! Não, um resultado que não seja vitória não acaba com as chances matemáticas da equipe, mas a Torcida Bugrina precisa desta vitória pra embalar de vez e, nessas últimas cinco rodadas em casa, desempenhar seu papel nas arquibancadas. É hora de o time conquistar a Torcida, é hora de dar aos mais céticos esperanças e àqueles que sempre estiveram com o time até aqui, os 3/4 mil que estão lá em todas as partidas, a certeza que apostaram no certo, acreditaram e verão seu time brigar até o fim.

É hora de manter o sonho destes Torcedores que, na chuva, no frio, no calor infernal, nos jogos contra adversários menores, maiores, seja às 16, 19, 19:15, 21, 21:30, não importa, estiveram lá e mantiveram o “Bugre Olê, Bugre Olê Olê Olê” vivo até aqui. É hora de vencer e trazer ajuda a eles, multiplicar a ocupação de lugares no Brinco e fazer um grito muito maior, e pra isso acontecer, vencer o CSA (com todo o respeito que o CSA merece), é fundamental. O sonho da Torcida não sobreviverá a mais uma frustração jogando em casa.

Não, o Torcedor não merece mais do que já viu em outros jogos decisivos de confronto direto. Ele não merece mais um Guarani 2×3 Figueirense, ele não merece mais um Guarani 2×3 Fortaleza e muito menos um Guarani 0x2 Goiás, ele merece mais de Guarani 2×0 Atlético-GO! O time conseguiu ali mostrar seu potencial, deixou claro que tem garrafa vazia pra vender e a partir de agora não tem como “guardar garrafa”, é hora de gastar tudo o que tem, porque lá na frente estará o sonho de milhares e milhares de Bugrinos, tantos que não conseguimos contar..

Mas também não é hora pra mostrar que a minha ou a sua opinião está ou estava certa, é hora de foco, de apostar num objetivo e seguir nele até o fim, e como toda aposta pode dar certo, como pode não dar. Não existe aposta certa, o risco existe em todos os campos, principalmente nesse, o da bola.

Onde quero chegar, afinal? Vou ser rápido,prometo!

Como sempre no Guarani estamos vivendo um momento de incertezas, dúvidas, desconfianças, uns acreditam que o caminho a ser trilhado seja X, outros que seja Y, outros que seja Z onde nem X nem Y devam acontecer, mas uma nação dividida não sobrevive, comparemos ao nosso próprio país e ao momento que vivemos…

Proponho algo simples e, sinceramente, a sequência das minhas postagens vai depender muito do retorno que obtiver dessa postagem através das redes sociais. Não adianta querer empurrar um carro ladeira acima, ainda mais se esse carro estiver com o freio de mão puxado, e é mais ou menos assim que tenho me sentido nos últimos meses. Não, eu não estou tirando a razão de ninguém, todos tem os seus motivos e eles são justos aos seus olhos, mas é difícil “perder” um bom tempo raciocinando, planejando o que vai escrever, escrever e conferir nos comentários o que vem de volta…

Você escreve que o Guarani está a seis pontos do líder e recebe de volta que o time é uma “m”, que o técnico é fraco, que os jogadores amarelam, enfim, você simplesmente apresenta um fato, um dado concreto, o Guarani está seis pontos atrás do líder, e recebe de volta uma saraivada de críticas. Elas não me abalam porque já tô meio calejado com isso, já passei por bastante coisa nos últimos 15 anos, já bati, já apanhei, já xinguei e fui xingado ao ponto de não me preocupar muito mais com isso, afinal, todos tem sua razão, por mais ou menos que esta razão faça sentido aos outros, é a razão de quem pensa assim, e pronto, não vai mudar, mas eu “sou da casa”, cresci aqui, aprendi a conviver, a saber qual o momento pra isso ou aquilo e, quando escrevo, já meio que sei o que virá de volta.

Imaginem quem não é, só está? Imaginem como é você ai no seu trabalho, ou se não trabalha, só estuda, como seria se você fosse lá todo santo dia e ouvisse de volta que seu trabalho é uma “m”, ou que você é burro porque não aprende nada… como seria seu rendimento no dia a dia?

O que proponho e do que vai depender? Proponho à diretoria do Guarani FC que se posicione, que diga se o objetivo é subir e não medirá esforços para isso acontecer.

Continuo propondo à comissão técnica que reconheça suas limitações e seus erros cometidos até aqui, mas que deixe claro que o objetivo é lutar pelo acesso.

Proponho aos jogadores que mentalizem essa possibilidade de acesso e que admitam publicamente que podem ter limitações, atuações ruins, mas que se empenharão por isso, sem medo de serem cobrados depois, com o objetivo de chegar.

E termino propondo a nós Torcedores que nos perguntemos se estamos preparados pra levar o time a um acesso caso tudo isso seja feito. Por que estou dizendo isso? Porque se a Torcida me disser que não está disposta, que não vale a pena, não vou empurrar o carro, vou só noticiar, dar escalação, resumir jogos, falar de treinamentos e pronto.

O que estou pedindo? Resumindo, peço que a diretoria seja transparente com seu Torcedor, que diga de verdade o que busca e espera dele, peço à comissão técnica que seja parceira do Torcedor para que ele sinta que houve erros sim, mas que a intenção é acertar e conquistar. Aos jogadores que digam aos Torcedores qual é o propósito deles e a nós Torcedores que digamos o que esperamos de todos eles.

Pode dar certo? Pode… Pode dar errado? Pode… Mas eu repito aqui uma frase que digo há muito e muito tempo: Torcedor vive de sonho, se não for pra sonhar eu prefiro não torcer, me basta a realidade, por mais difícil que ela seja.

O que faremos? Espero que a diretoria responda, que a comissão técnica responda, que os jogadores respondam e que a Torcida responda com uma frase simples:

“Eu digo sim!” Caso queira entrar nessa briga, ou “Eu digo não!” caso o entendimento seja que não vale a pena.

É só isso… diretoria, comissão técnica e jogadores tem os microfones pra dizerem essa frase e nós Torcedores temos os nossos espaços, os comentários, as redes sociais, enfim, o nosso canto de Torcedor pra dizer “Eu digo sim!”, ou “Eu digo não!”.

Vamos responder? Sinceramente eu vou esperar a resposta pra saber como continuar escrevendo, sobre o que escrever e o que dizer…

Mas é preciso que todos os citados e envolvidos respondam, é simples: “Eu digo Sim”, ou “Eu Digo Não” e pronto… com a palavra a diretoria, a comissão técnica, os jogadores e a Torcida Bugrina, prometo acatar a decisão da maioria.

Grande abraço

 

Marcos Ortiz

Advertisement
Advertisement

Melhores Momentos – Vila Nova 1×1 Guarani


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima partida

Campeonato Brasileiro - Série B

Boa Esporte-MG X Guarani FC

Campeonato Brasileiro - Série B

Local: Estádio Melão
Data: 20/10/2018
Horário: 16:30

 

+ Recentes

Jogos e Resultados

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.