Siga-nos

Marcos Ortiz

Opinião: Força, foco e fé! Chegamos, mas ainda não ganhamos

Publicado

em

A gente chegou! Finalmente depois de quatro Séries A2 apenas amassando barro na primeira fase, o Bugre disputar o acesso.

E vai bem credenciado, vai amparado por uma campanha que o deu, com duas rodadas de antecedência, a classificação matemática, e com uma no mínimo a segunda colocação, mas a gente quer mais, a gente quer ser primeiro, a gente quer a festa no Brinco, a gente quer ir pra final, e chegando nela, a gente quer ser campeão desse negócio!

Confesso que já pensei que título da Série A2 não valia nada, hoje mudei meu pensamento por alguns fatores ligados à atualidade das coisas. Ganhar a Série A2 vale para o Guarani o acesso à elite paulista como melhor time da competição, mas vale mais do que isso, uma vaga de volta na Copa do Brasil de 2019, uma competição que passou a ser financeiramente excepcional com as novas cotas por fases. Eu quero!

Mas mesmo tendo ido tão longe, ainda falta muito, o Guarani e nós Torcedores Bugrinos não podemos cair na armadilha de acreditar que “tá ganho”, não, não tá! É preciso manter o mesmo foco, a começar por hoje quando a gente vai pro Canindé disputar um jogo que pode valer muito pouco, mas valer muito ao mesmo tempo, pois vencer a Portuguesa pode colocar o Bugre garantido na primeira colocação, então não tem refresco, é decisão, independente da situação do adversário, é uma decisão.

Só chegamos até aqui porque tivemos até agora foco total, reconhecemos nossas limitações e entendemos que o time precisava do empurrão vindo das arquibancadas. Nos jogos fora e no Brinco, a Torcida Bugrina fez a diferença, vestiu a camisa e manteve a mira na classificação, agora o foco é o mesmo, só o objetivo que muda, é o acesso, e se ele vier o foco muda de novo, é o título em uma partida só e que, se der tudo certo, será no Brincão.

Nós os Torcedores mais experientes vimos e vivemos grandes momentos, disputas de títulos, a conquista de um Campeonato Brasileiro, vivemos três finais de Brasileiro (da Série A agora comprovado até pelo STF), mas esta nova geração, esses novos Bugrinos com idade até 30 anos viveram o que? Viveram de crises, rebaixamentos, comemoraram acessos sim, mas temos que nos lembrar que quando comemoramos um acesso estamos na verdade nos livrando e pagando a conta de um rebaixamento.

Essa nova geração viu o Guarani mandar uma final de Campeonato Paulista no Morumbi, mesmo sendo o Brinco o estádio mais seguro e um dos maiores do interior do estado. Essa geração é heroica, porque cresceu na adversidade, ouviu e acreditou na história do maior clube do interior do Brasil, defendeu essa história e vai reconstruir, ao lado dos mais experientes, a nova história do Bugre, mas é preciso acreditar e entender que classificação não é acesso, é preciso um pouco mais, bem pouco, mas tão muito ao mesmo tempo.

Vamos literalmente jogar 15 jogos apenas pra definir onde jogaremos os próximos dois ou três, e dois ou três nesse caso valem muito mais que 15.

Então gente de verde, não dá pra tirar o pé do acelerador não, pelo contrário, temos é que acelerar ainda mais, porque a nossa conquista só acontecerá se disputarmos ainda mais cinco jogos. Nosso novo campeonato começa hoje contra a Portuguesa, segue no sábado quando enfrentamos o Votuporanguense e vai lá pelos dias 28 de março e 01 de abril quando jogamos as duas semifinais e a gente pode ganhar um jogo só pra festejar, porque se subir disputa o título.

Alias, que licença poética… a reunião que fundou o Guarani Futebol Clube há praticamente 107 anos aconteceu num dia 01 de abril, lá no distante 1911 e só por conta do significado da data comemoramos o aniversário do clube no dia 02. Não tenho dúvidas que os 107 anos do Bugre terão a maior reunião da Família Bugrina até hoje nesta data, porque jogaremos no Brinco de Ouro da Princesa o jogo que definirá o acesso. Já imaginaram a moldura desta partida?

A gente chegou até aqui, mas tem que ir ainda além, só conseguiremos se todos entenderem a necessidade e o significado de representar essa camisa, este escudo, esse nome, essa marca, essa Família. Tirar o pé? Não! Já ganhou? Jamais… mas uma coisa é clara, se tudo continuar como está tem tudo pra dar certo!

O que a gente vai fazer então? Simples… vamos continuar como estamos, e vamos lá buscar o que precisamos!

Torcedor, não podemos esmorecer, não podemos relaxar e não podemos cair no conto do “já ganhou”, nós só ganharemos quando de fato ganharmos!

Vamos lá buscar? Acredito que iremos, e assim, juntos até o fim, que não é fim, é recomeço!

Hoje, faça chuva ou tenha estrela eu estarei no Canindé, se o nosso Bugre ganhar vou passar a noite aqui, escrevendo e comemorando com vocês, se ele empatar farei a mesma coisa, e não quero nem pensar nisso, mas se ele perder é aqui que vou estar, sentadinho, editando vídeo, foto, escrevendo, ouvindo entrevistas e ainda mais focado no último logo da primeira fase.

Não pode mudar, vamos juntos até o fim! Vamos subir, Bugre! O Guarani é meu amor! Sou Bugrino até morrer, vou invadir o chiqueiro e no Brincão vou me acabar porque tem que ser sempre assim, na vitória ou na derrota, hoje e sempre, Guarani!

Força, foco e fé! A gente vai precisar, e muito!

Até mais tarde, Família!

 

Marcos Ortiz

Gols – Guarani 2×0 Sampaio Corrêa


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima partida

Campeonato Brasileiro - Série B

Guarani FC X aapp

Campeonato Brasileiro - Série B

Local: Brinco de Ouro da Princesa
Data: 21/04/2018
Horário: 16:30

 

O Derbi

Guarani FC X aapp

Campeonato Brasileiro - Série B

Local: Brinco de Ouro da Princesa
Data: 05/05/2018
Horário: 19:00

Jogos e Resultados

Facebook

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.