Siga-nos

Marcos Ortiz

Opinião: O acesso escapou como água entre os dedos e ninguém fez nada pra evitar…

Publicado

em

A noite desta terça feira foi algo como uma vigília, o Guarani entrou em campo fora de casa contra o Figueirense e parecia aquele caso de doente terminal que antes de morrer, espantosamente tem um lapso de melhora, um último momento de lucidez, altivez e anima toda sua família. Seus amigos vendo aquilo, se alegram, esperam pela alta médica, mas era o momento da despedida.

Foi assim, a vitória em Curitiba deu aos familiares e amigos a esperança que o doente se recuperaria, hoje vimos que a vitória nem foi tão grande assim, o Coritiba conseguiu perder pro São bento por 5×2 em Sorocaba…

As máquinas estavam ligadas, os médicos esperando o momento em que o sinal viesse, e ai o árbitro apitou, pronto, era como o medidor de batimentos cardíacos avisando que o doente morreu, e nem era preciso avisar a família, todos estavam lá vendo o momento derradeiro, alguns ainda acreditando em um milagre no qual o doente saltasse daquela cama e andando, dissesse a eles: Eu vou melhorar.

Com o empate com o Figueirense o Guarani se despediu da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, cumprirá tabela nas três rodadas finais. Geralmente depois do jogo o Planeta Guarani divulga as entrevistas, os melhores momentos do jogo, mas acreditem, ouvi todos os jogadores que falaram na saída do gramado e a coletiva do Umberto e não valia a pena divulgar, o conformismo usado pra falar após a partida era tanto que parecia ensaiado. Foi irritante e você Torcedor, não merece isso.

Sinceramente, não me doeu nada o resultado de hoje, é fato, o que me doeu foi ter passado um campeonato inteiro sonhando com algo mais e me despedir dele faltando três jogos pra acabar. Alguma coisa aconteceu ali, nós nunca saberemos, mas alguma coisa aconteceu.

É inadmissível que ninguém tenha aparecido pra justificar, ou melhor, que ninguém tenha feito nada pra reverter o quadro. É inadmissível a aceitação natural que o Guarani deu ao ver o acesso na Série B mais fácil dos últimos tempos escapar por entre os dedos sem tentar tomar nenhum tipo de atitude, fomos vendo derrota pra São Bento, Avaí, Boa Esporte, empate com Oeste e aceitando tudo naturalmente, sequer o treinador foi questionado, e agora ele pode até ser demitido que não terá mais nenhuma representatividade, esperamos o campeonato acabar pra tomar uma atitude?

Ah, mas vamos ter que terceirizar o futebol ano que vem, senão não damos conta… ué, só por isso não podemos subir com nossas próprias pernas? Que me desculpem os que pensam assim, mas um fato não pode ser impeditivo ao outro. Abrir mão do papel principal para apenas coadjuvar no campeonato é inaceitável, a gente acreditou o campeonato inteiro, pra que? Pra na hora da decisão ver essa amarelada desgraçada que o time deu?

Por fim, com o empate com o Figueirense muito provavelmente nos despedimos do Guarani como nos acostumamos a ver, um clube grande, um time grande, com pessoas de vanguarda à sua frente que enxergaram um Guarani que ninguém conseguia enxergar em seus tempos. Esta deve ter sido a última competição onde o clube foi responsável pelo seu futebol, a partir de agora teremos dono, visaremos lucro (pros outros) e torceremos. Seremos uma camisa, um distintivo, um escudo e uma história.

Tomara que a decisão de terceirizar o departamento de futebol consiga devolver o sorriso ao rosto de todos vocês, tomara que a partir daqui o Guarani, ao menos dentro de campo, dê grandes passos, faça grandes campanhas, conquiste grandes feitos, tomara que tenha valido a pena, tomara…

Eu confesso que a partir de hoje torcer pro Guarani, pra mim, não será a mesma coisa. Claro, deixar de torcer jamais, deixar de me emocionar, jamais, deixar de acompanhar e comemorar? Nunca… mas a partir de hoje não veremos mais o Guarani como nosso, e nenhum Torcedor, por mais fanático que seja, poderá repetir essa frase novamente. Nosso ele não será mais, será nossa paixão, será nossa alegria ou nossa tristeza, será de vitórias ou de derrotas, será hoje e sempre Guarani, mas será de quem vencer o processo de disputa pela “Gestão Compartilhada” do futebol.

Tomara que vocês estejam certos, eu queria conseguir ver o que vocês estão vendo e como vocês estão vendo. Vou torcer muito e tentar me abstrair dos temas que sempre me intrigaram e preocuparam, vou focar no futebol, vou passar a pensar apenas na bola, apenas no time, apenas no futebol, se vou conseguir, não sei, mas vou tentar.

Agora alguém pode me explicar como um time vai aos poucos deixando de disputar um objetivo gigante como um acesso à Série A rodada a rodada e ninguém, absolutamente ninguém tenta mudar nada? Nenhuma voz aparece pra contestar o mau trabalho?

Eu só queria saber isso: O que foi que aconteceu? Alguém pode me falar?

Se algum dia me falarem eu conto pra vocês, mas duvido que falem, então ficamos cada um de nós com nossa própria teoria, eu tenho a minha, você a sua, e assim segue a vida.

Até o Paulistão que virá com cogestão! A gente vai se falando, até lá muita coisa ainda vai acontecer e vamos acompanhar juntos, combinado?

 

Marcos Ortiz – Planeta Guarani

Advertisement
Advertisement

Melhores Momentos – Coritiba 0x2 Guarani


	
	
	

Clique para ativar o som

Próxima partida

Campeonato Brasileiro - Série B

Brasil de Pelotas-RS X Guarani FC

Campeonato Brasileiro - Série B

Local: Bento Freitas
Data: 17/11/2018
Horário: 17:00

 

+ Recentes

Jogos e Resultados

Copyright © Planeta Guarani - Todos os Direitos Reservados - Permitida Divulgação Apenas com Preservação da Fonte - Desenvolvido por: OZ Sites.