Com Bidú suspenso, Eliel deixa Copa São Paulo e se integra ao elenco profissional

Com Bidú suspenso, Eliel deixa Copa São Paulo e se integra ao elenco profissional
Foto; Thomaz Marostegan/Guarani FC.
Clí­nica SOU

Essa pouca gente se lembrava. O Guarani terá um desfalque certo para sua estreia no Paulistão 2022 contra o São Paulo no dia 27 de janeiro. Na temporada passada, o lateral esquerdo Bidú e o volante Rodrigo Andrade se envolveram em um caso de agressão mútua e foram expulsos após o final da partida contra o Novorizontino.

O caso foi a julgamento no TJD da Federação Paulista de Futebol e na ocasião ambos receberam uma punição de quatro jogos e cumpriram uma partida, a automática, no dérbi, jogo seguinte. Rodrigo Andrade não teve um novo contrato assinado com o Bugre, mas Bidú, que se atrasou na apresentação ao elenco, terá que cumprir agora as três partidas de suspensão, só ficando à disposição de Daniel Paulista para a quarta rodada da competição, a partida entre Guarani x Santos, na quarta rodada do Paulistão 2022.

A permanência do lateral Bidú no Guarani ainda é incerta, o atleta treina com o grupo desde á última sexta-feira (07), mas teria propostas de outras equipes. O clube não confirma, mas a diretoria não nega que conta com uma negociação envolvendo o prata da casa para reforçar os cofres na temporada 2022.

Se confirmada a negociação o Bugre se vê obrigado a ir ao mercado encontrar um lateral esquerdo. O contrato de Bidú se encerra em março de 2023.

Marcos Ortiz