Final de semana coloca Guarani no Z4 e aumenta pressão na partida de 3ª feira

Final de semana coloca Guarani no Z4 e aumenta pressão na partida de 3ª feira
Daniel Paulista conseguirá enfim levar equipe à evolução? Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC.
Clí­nica SOU

A quinta rodada da Série B do campeonato Brasileiro ainda não terminou, restam apenas dois jogos, o confronto entre Bahia x Londrina e a partida entre Náutico x Guarani marcada para as 21:30 da próxima terça-feira, mas os resultados foram muito ruins e o Torcedor Bugrino volta a conviver com o termo Z4, algo que não combina de maneira alguma com o objetivo anunciado pelo clube de conquistar o acesso ao final da temporada 2022.

Em quatro jogos o Guarani tem quatro pontos, são duas derrotas, uma vitória e um empate em dois jogos em casa e dois como visitante. Nas duas vezes em que saiu de Campinas o Bugre conheceu duas derrotas, na estreia contra o Brusque e na terceira rodada contra o Grêmio, já jogando em casa veio o empate por 0x0 com o Sport e a vitória por 1×0 sobre o Criciúma na rodada anterior.

Os números são ainda piores se analisarmos que o ataque Bugrino é o pior da competição ao lado de CRB, CSA e Novorizontino, todos marcaram apenas dois gols na competição, e este recorte é feito com todas as quatro equipes disputando quatro jogos, afinal as outras três equipes tem um jogo a menos que os demais concorrentes, assim como o Bugre que entra em campo nesta terça-feira.

Para deixar o Z4 basta um empate, mas com este resultado a equipe ganhará apenas uma posição, saindo da 17ª para a 16ª colocação. Já uma vitória simples por um gol de diferença pode colocar o Guarani na 9ª posição ultrapassando o próprio Náutico que hoje tem 06 pontos somados. Além da melhora significativa na tabela de classificação, uma vitória deixará o Guarani apenas um ponto atrás do quarto colocado, a Chapecoense que hoje tem 8 pontos somados.

Temos que ressaltar que o Guarani ainda tem tempo para se recuperar, como os próprios números mostram, neste início de competição as distâncias são bem pequenas entre uma posição ruim e uma boa classificação, mas a recuperação tem que começar imediatamente, principalmente conseguindo pontos fora de casa. Para vencer, a equipe comandada por Daniel Paulista terá que superar seus próprios números na competição.

Todos os quatro gols que o time sofreu foram como visitante, já os apenas dois gols marcados se dividem em um contra o Grêmio, outro na vitória simples sobre o Criciúma na rodada anterior. Para buscar a primeira vitória fora de casa o time precisará acetar tudo o que não acertou até aqui, não falhar no seu sistema defensivo e transformar em gols as oportunidades que surgirem durante a partida.

A pergunta que fica é: O Guarani comandado por Daniel Paulista conseguirá evoluir? A rodada dirá.

Marcos Ortiz